domingo, 12 de agosto de 2012

Altano '2010 (Branco)

O calor voltou, apetece branco. A marca deste dispensa apresentações, não me canso de elogiar a RQP dos seus tintos. Feito a partir de Viosinho, Malvasia Fina e Moscatel Galego, uvas próprias e compradas, fermentou e estagiou (4 meses) em cubas de inox de grandes dimensões, antes do engarrafamento. E depois dele, já passaram uns tempitos — o produto da colheita de 2011 já está no mercado.

Maracujá e abacate, a par de flores (do Moscatel) e citrinos cor de laranja, em conjunto redondo e equilibrado, com algum porte. Vai mostrando uma ou outra nota verde, das quais será de destacar certo toque de hortelã no final. Maduro em mais que apenas um dos possíveis sentidos da palavra, ganha quando servido fresco, pelo menos face ao meu gosto pessoal. Não promete vir a melhorar, mas, para já, está bem agradável.

4€.

15,5